Seu produto foi adicionado ao carrinho com sucesso! Estoque insuficiente
Para uma busca mais precisa, selecione seu Chevrolet.
Selecione o Ano
Selecione o modelo.
Mostrando 683 Produtos em 38 páginas
Comparar Produto
Os produtos abaixo estão sem filtro de veículo, ou seja, podem servir em outros veículos, diferentes do veículo do filtro.
Mostrando 683 Produtos em 38 páginas
Comparar Produto

O freio escolhido na composição do carro pode interferir diretamente no bom desempenho, durabilidade e custo de todo o sistema de frenagem. Abaixo listamos os principais itens que compoem o sistema de freio do veiculo

 

- Freios a tambor: Composto basicamente pelo tambor, sapatas, pistões e molas de retorno, este freio converte a energia cinética do carro, também conhecida por energia de movimento, em calor, proporcionando a frenagem do veículo.

O freio a tambor funciona da seguinte forma: quando o pedal de freio é acionado pelo motorista, o fluido de freio transmite a pressão que chega até o cilindro que, por possuir pistões, faz com que as sapatas sejam empurradas em direção oposta, contra a superfície interna do tambor que gira em conjunto com a roda do carro. Ao entrarem em contato com a superfície do tambor, as lonas, presas às sapatas, produzem atrito. Assim, o freio a tambor converte energia cinética em calor, proporcionando a frenagem do veículo.

 

- Freio a disco: O freio de disco, como o próprio nome diz, é formado por discos. O sistema funciona da seguinte maneira: quando o motorista aciona o penal de freio, as pastilhas, que ficam montadas dentro das pinças, são empurradas pelos pistões, chocando-se com os discos. Esta ação acaba gerando o atrito necessário para frear o carro.

 

-Pastilha de freio : tem de segurança que pode ser encontrado em duas ou quatro rodas e fica na ponta do sistema de freio. A principal função da peça é fazer com que as rodas parem, isso graças ao contato com o disco de freio.